Ziferblat capa

Um café só seu para comer, relaxar e, lavar a louça!

Existem muitos cafés curiosos pelo mundo, desde as grandes redes aos lugares mais requintados. Mas é muito pouco provável que algum seja mais aconchegante que o Ziferblat! O que ele tem de tão especial? A proposta. O Ziferblat nasceu, segundo o site oficial, com o conceito de ser uma extensão da própria casa do cliente, um lugar para se trabalhar, estudar, relaxar, explorar e brincar!

03-gallery

O primeiro estabelecimento nasceu em Moscou, em 2011, quando um grupo de poetas começou a reunir-se em um sótão para partilhar experiências, uma espécie de “casa da árvore para adultos”. Cada novo membro que chegava era tratado como um hóspede, com bolos, chás e doces. No início os participantes faziam doações, mas com o crescimento da ideia, optaram em cobrar pelo tempo permanecido no local e não pelo que é consumido! Ou seja, ficar uma hora em um Ziferblat, com comidas a vontade, locais para se descansar, wi-fi, jogos de tabuleiro, livros, entre outras distrações, pode custar menos do que um único café em outro lugar! O Ziferblat de Manchester, por exemplo, cobra pouco mais de três libras por hora.

05-gallery

12-gallery

Outra curiosidade do local é que não há garçons (afinal, além de alguns poucos afortunados, ninguém tem mordomo em casa, não é?), de forma que o cliente se serve e depois lava a louça que sujou! Além disso, há a possibilidade de se alugar o local para festas.

Hoje existem 14 Ziferblat, mas infelizmente, nenhum no Brasil. Que tal se nossos amigos do Bocó Repórter abrissem um café bocolecular? Fica a ideia!

Se interessa pelo assunto, gostou da informação ou quer contribuir com algo que esquecemos? Os comentários estão à sua disposição!

Se você também curte novidades, variedades e muita piração, no canal do Bocó Repórter você encontra muito mais! Acesse.

 

Fonte: ziferblat
Imagens: ziferblat

 

João Paulo dos Santos View more

Órfão dos anos 90, é fã de Harry Potter e de tudo o que Tolkien já escreveu. É ouvinte de podcasts, adora literatura fantásticas e espera ansioso pela Dagor Dagorath.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *